PIS 2019 – Novas Regras, Calendário e Valores

O PIS significa Programa da Integração Social, é um abono salarial que beneficia trabalhadores de carteira assinada que sigam os requisitos exigidos pelo programa.

É importante salientar que profissionais autônomos não tem direito a receber o PIS. Na realidade, existem duas situações que permitem que um trabalhador possa retirar os fundos, uma delas é pelo abono salarial anual e a outra, é pelas cotas do fundo PIS PASEP.

Pis

Confira abaixo como funcionam as exigências:

Quais são as novas regras do PIS 2019?

O abono salarial é pago ao trabalhador mediante alguns requisitos. O valor é de acordo com o tempo que foi trabalhado no referido ano, portanto, ele pode ser de R$ 79,50 até um salário mínimo (R$ 954,00).

O abono anual só pode ser pago aos trabalhadores que se encaixam dentro das seguintes regras:

  • Recebeu até 2 salários mínimos por mês;
  • Teve a carteira assinada, nem que seja por pelo menos 1 mês do ano;
  • Tem inscrição no PIS PASEP há pelo menos 5 anos.

Além disso, é necessário que a empresa, onde o trabalhador atua tenha repassado todos os dados ao governo.

A outra forma onde o trabalhador também pode receber o abono é através do fundo PIS PASEP, que na verdade, é um saldo que ficou devido por um certo período trabalhado no passado.

Um exemplo disso, é para as pessoas que trabalharam entre os anos de 1971 a 1988 em  empresas públicas ou privadas. Essas, podem sacar de acordo com a liberação do governo, são elas:

  • Aposentados;
  • Pessoas acima de 60 anos;
  • Ser portador de algum doença como câncer, HIV, inválido ou outras condições graves listadas na portaria governamental.

Caso, esse trabalhador já estiver falecido, a família pode sacar. No entanto, é preciso lembrar que as regras para saque do PIS PASEP mudam constantemente, por isso, é preciso atento.

Uma forma de tirar a dúvida para saber se o trabalhador tem direito, é comparecendo a Caixa Econômica, é a instituição responsável pelo pagamento do abono.

Datas para saque do PIS 2019

O governo libera os valores do PIS de acordo com o calendário oficial do abono, portanto, não adianta se dirigir a Caixa Econômica qualquer época do ano que o dinheiro não estará disponível.

A organização é feita pelos meses de aniversário, mas os pagamentos do PIS começam a ser feitos sempre no mês de Julho de cada ano, com o término previsto para o próximo ano e assim sucessivamente. Confira:

Os prazos finais para o saque do PIS é 28 de Junho de 2019 para todos os trabalhadores. Veja quando o benefício já fica disponível de acordo com o mês de aniversário:

  • Julho 2018- Começam a sacar no dia 26 do mesmo mês;
  • Agosto 2018 – Começam a sacar no dia 16 do mesmo mês;
  • Setembro 2018 – Começam a sacar no dia 13 do mesmo mês;
  • Outubro 2018- Começam a sacar no dia 18 do mesmo mês;
  • Novembro 2018 – Começam a sacar no dia 20 do mesmo mês;
  • Dezembro 2018 – Começam a sacar no dia 13 do mesmo mês;
  • Janeiro e Fevereiro de 2019 – Começam a sacar no dia 17 do mesmo mês;
  • Março e Abril de 2019 – Começam a sacar no dia 21 do mesmo mês;
  • Maio e Junho de 2019 – Começam a sacar no dia 14 do mesmo mês.

Depois desse circuito, em Julho de 2019 começa uma nova fase de pagamentos, por enquanto, as datas permanecem as mesmas, caso houverem mudanças, o governo avisa através da Caixa Econômica sobre o novo calendário.

Valores do PIS 2019

O abono é sempre pago proporcionalmente pelo período do ano trabalhado. A base de cálculo é o salário mínimo, portanto, se o trabalhador atuou os 12 meses do ano, com carteira assinada e se encaixa nos requisitos já mencionados acima, ele receberá o salário mínimo completo.

Em contrapartida, se o trabalhador teve somente alguns meses trabalhados daquele ano, então, é preciso dividir o salário mínimo por 12 e terá o valor que vai receber proporcionalmente. ( 954,00 : 12= 79,50 ao mês).

Um exemplo:

  • 1 mês de trabalho = R$ 79,50;
  • 2 meses = R$ 159,00;
  • 3 meses = R$ 239,00.

E assim, sucessivamente. Quanto mais meses o trabalhador ficou em ação, mais ele vai receber, lembrando que o piso máximo é um salário mínimo.

O PIS 2019 pode ser retirado nos caixas eletrônicos da Caixa Econômica com o cartão cidadão. Creditado em conta, para aqueles que já possuem conta corrente ou poupança na Caixa e também retirado no Caixa de uma Agência da Caixa ou nas lotéricas com a apresentação do cartão cidadão ou carteira de trabalho.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *