Passe Livre Estudantil 2019

O Governo Federal tem vários programas para incentivar e auxiliar a educação. Em parceria com os estados e até mesmo cidades, é possível auxiliar estudantes de várias maneiras. O Passe Livre Estudantil é um deles.

Muitos estudantes têm dificuldades para estudar, já que não possuem condições financeiras de pagar o transporte. Nestes casos, possuem o direito de usar o Passe Livre Estudantil 2019. Entenda melhor como é o programa e saiba como se cadastrar:

Conheça o Passe Livre Estudantil

Essa iniciativa do Governo Federal e do Ministério da Educação, auxilia estudantes de baixa renda a continuarem estudando. O projeto oferece as passagens de ônibus necessárias para os alunos irem e voltarem das escolas e universidades.

Passe Livre Estudantil

O Passe Livre Estudantil foi elaborado para auxiliar principalmente os alunos que moram distante da instituição de ensino. Ele serve como uma forma de pagamento das passagens de ônibus ou até metrô. O programa ainda não está disponível em todos os estados brasileiros e suas regras podem variar de acordo com cada um. Dessa forma ele auxiliará de acordo com a necessidade de cada localidade.

Por ser voltado para um público específico, é preciso passar pelos critérios de avaliação para conseguir o seu. Entre eles, é necessário comprovar que não possui condições financeiras de arcar com esses custos.

Os critérios para aprovação são:

  • Ter a idade mínima de acordo com cada estado;
  • Estudar em rede pública, seja no fundamental ou no médio;
  • Ser bolsista do ProUni ou FIES;
  • Estudantes do ensino superior ou técnica precisam comprovar renda máxima de 1,5 salário mínimo por pessoa.

Em alguns estados as regras para o Passe Livre Estudantil pode variar, como a idade mínima exigida. Os municípios também podem ter suas exigências para oferecer o benefício e também alterar a forma como o cartão será utilizado. Para mais informações, procure a Secretaria de Transporte (ou Mobilidade) da sua região.

Cada cidade ou estado pode estabelecer uma distância mínima, como por exemplo 10km de distância entre a residência e a instituição. Em alguns lugares só é válido quando o estudante estuda em outra cidade.

Benefícios do Passe Livre Estudantil

O principal benefício do Passe Livre Estudantil é auxiliar os estudantes de baixa renda a se locomoverem para estudar. Esse programa promove e incentiva a educação, pois muitos estudantes que conseguem bolsas como o ProUni, acabam desistindo da vaga por não ter como frequentar as aulas.

O estudante aproveita do benefício através de um cartão, que deve ser recarregado mensalmente, usando o mesmo sistema do bilhete único. As passagens podem ser aceitas em metrô, ônibus e outras formas, pois varia de acordo com a necessidade de cada cidade e estado.

Cada estado tem suas regras e benefícios próprios, por isso é importante verificar no site da Secretaria de Transporte (ou Mobilidade) da sua cidade ou estado. Os estados que possuem o Passe Livre são:

  • Goiás;
  • Distrito Federal;
  • Rio de Janeiro;
  • São Paulo;
  • Pernambuco;
  • Rio Grande do Sul.

Se o seu estado ainda não tem esse benefício, você poderá ir até a prefeitura de sua cidade para verificar se não existe um outro tipo de programa que possa ajudar os alunos nessa questão. Estima-se que em 2019 novos estados tenham aderido ao programa, visto que é extremamente benéfico para a formação dos estudantes.

Entenda como funciona o cadastro do Passe Livre Estudantil 2019

Como não é um processo integrado, não existe um procedimento padrão para realizar o cadastro no programa. Cada estado ou cidade pode estabelecer seus próprios procedimentos.

De uma maneira geral, é possível fazer o seu cadastro no site oficial do estado. Acesse o site e procure pela opção do Passe Livre. Caso não encontre, entre em contato pelo telefone ou email para mais informações sobre como fazer o cadastro. Em alguns lugares o cadastro deve ser feito presencialmente.

É necessário a apresentação de alguns documentos para poder fazer o seu cartão, sendo eles:

  • Foto 3×4;
  • RG e CPF (originais e cópias);
  • Comprovante de matrícula na instituição de ensino;
  • Requisição devidamente preenchida (pode ser pega no site ou presencialmente);
  • Comprovante de residência.

É importante estar atento ao calendário para saber o prazo das inscrições, que também varia de um estado para o outro de acordo com as necessidades.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *