Como Ter Uma Máquina De Cartão? Dicas e Modelos

É muito comum que pessoas físicas tenham a dúvida sobre se podem ou não adquirir maquininhas de cartão. A resposta é sim! Hoje você não precisa mais ter um CNPJ ou regime de negócio diferenciado para estar apto a ter esse benefício.

Existem também várias maneiras de obter a sua máquina além daquela tradicional, há também os leitores de cartão para o seu celular, as máquinas que já tem chip próprio, aquelas que são mais compactas e até sistemas de depósito e repasse de dinheiro online. Leia informações completas abaixo.

Máquina de cartão tradicional: procedimento

Como Ter Uma Máquina De Cartão? Dicas e Modelos

As máquinas tradicionais, aquelas grandes que são comuns em várias lojas, elas também podem ser usadas por pessoas físicas. Basta fazer um cadastro online na empresa desejada – Cielo, Rede e Getnet -, ele costuma não ter muita burocracia ou enrolação.

Você vai precisar do seu número de CPF e documentação básica. Essas máquinas possuem mais bandeiras e formas de pagamento na hora de passar o cartão.

Essas máquinas de empresas tradicionais e maiores passam mais credibilidade ao cliente, não porque são melhores! Mas apenas porque são as mais comumente vistas nas lojas e comércios por aí.

Existe uma taxa de adesão e aluguel, isso tudo já inclui as despesas de se instalar, suporte e em casos necessários, fazer a trocar da máquina. Porém existe a Cielo nesse caso, que tem um plano em que não há a cobrança de mensalidade.

Quanto aos valores de taxa diante do que foi vendido, há a variação de acordo com a atividade que está sendo exercida, o valor do faturamento total e empresa contratada. Existem vários planos disponíveis, você tem que encontrar aquela empresa e máquina que seja mais compatível com seus desejos e necessidades.

Máquinas de cartão alternativas: processo

Como Ter Uma Máquina De Cartão? Dicas e Modelos

Uma boa opção para quem quer uma maquininha dessas mais modernas ou com a possibilidade de leitura de chip é a SumUp Top, conhecida como a mais barata e acessível do mercado atualmente.

Ela é indicada para pessoas físicas que querem facilitar a compra de seus produtos pelos seus compradores e não arcar com juros muito altos. Além de que o processo de adesão é muito menos burocrático: não é necessário analisar faturamento, contrato, a máquina é comprada (sem ter taxa de aluguel), são menores e mais práticas, aceitam as principais bandeiras do Brasil – e em alguns casos até mesmo vale alimentação -, e ainda possuem aplicativos específicos para smartphone para facilitar o seu uso.

Qual é a melhor?

Tudo vai depender do tamanho do seu negócio! É preciso analisar o seu faturamento mensal ou anual e verificar se vale a pena ou não a instalação dessa facilidade.

Como por exemplo: autônomos, vendedores ambulantes, vendedores temporários, pessoas que trabalham de casa, taxistas, motoristas e outros tipos de prestadores de serviço, a melhor opção são as maquininhas portáteis, como a Minizinha ou a Moderninha.

Já para quem possui um médio/grande negócio, lojas em shoppings, lojas de rua e lojas no centro, a melhor opção é a de máquina fixa, dessas que você pode conectar ao Wi-fi local ou pela linha telefônica.

Mas para quem não gostou de nenhuma das opções citadas acima, uma boa ideia é usar alguns serviços mediadores de pagamentos, como é o caso do PayPal, PagSeguro e o MercadoPago, você realiza o cadastro da sua empresa e o cliente faz o pagamento por meio desse portal. Só é indicado ver as taxas cobradas em cima do valor.

Verifique também quantos dias irão demorar para cair na sua conta os valores passados, se eles já vem com as taxas descontadas, se o valor de aluguel mensal já está descontando (caso exista) e muito mais.

A dica é pesquisar o quanto for necessário até encontrar aquela maquininha que seja a melhor para o seu negócio e suas vendas. De nada adianta ter uma que possui gastos excessivos e vai te trazer mais prejuízo do que o desejado.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *